BLOG DO CASUSA

BLOG COM ATUALIZAÇÃO E INFORMAÇÕES NO GERAL!

BLOG DO CASUSA

RESPEITO E CREDIBILIDADE AO LEITOR!

PRINCESA ISABEL-PB

VISTA PANORAMICA DA AVENIDA COM A PREFEITURA LOGO A FRENTE.

BLOG DO CASUSA

RESPEITO E CREDIBILIDADE AO LEITOR!

BLOG DO CASUSA

BLOG COM ATUALIZAÇÃO E INFORMAÇÕES NO GERAL!

22/07/2014

Centro de Convenções do Hotel Garden fica lotado de prefeitos de todo o Estado durante encontro promovido pelo senador Cássio Cunha Lima

 
Dezenas de prefeitos de todo o Estado, representados no palco pelo prefeito Romero Rodrigues (Campina Grande), lotaram as dependências do Centro de Convenções do Hotel Garden, na 'Rainha da Borborema', durante o 1º Encontro de Lideranças, realizado agora à noite. Comandado pelo senador Cássio Cunha Lima (PSDB), o encontro reuniu todos os candidatos dos 14 partidos que integram a coligação 'A Vontade do Povo': PSDB, PTB, PEN, PSC, PP, PR, PPS, PSDC, PSD, SDD, PMN, PT do B, PRB e PTN. Junto com o deputado federal Ruy Carneiro e o ex-senador Wilson Santiago, respectivamente, candidatos a vice-governador e senador, e também com as presenças de Luciano Agra (ex-prefeito da Capital) e o empresário Júnior Evangelista, Cássio passou as diretrizes aos prefeitos, vereadores e lideranças, neste início de campanha, Para Cássio, o encontro se constituiu também na oportunidade de se "energizar" com o calor humano de todos que estão abraçando a causa de uma nova Paraíba. Cássio, em determinado momento do evento, passou a nominar um por um os prefeitos que aderiram ao seu projeto, nos últimos dias.

Gafe no twitter: Governador Ricardo Coutinho lamenta morte de Ariano Suassuna, mas escritor ainda está vivo...

O governador Ricardo Coutinho (PSB) cometeu uma gafe, na noite desta terça-feira (22), ao usar sua conta no Twitter para lamentar o falecimento do escritor paraibano Ariano Suassuna, de 87 anos. O escritor paraibano sofreu um AVC hemorrágico na noite desta segunda-feira e foi submetido a um procedimento cirúrgico no Hospital Real Português, em Recife.
De acordo com o último boletim divulgado pela equipe médica, Ariano está em coma e seu estado de saúde é estável. Autor de "O auto da compadecida", sua obra mais conhecida, Ariano Suassuna nasceu em 16 de junho de 1927, em João Pessoa, e cresceu no Sertão paraibano. Mudou-se com a família para a capital pernambucana em 1942. 
Após ser alertado por internautas, o governador apagou a postagem publicada no Twitter.

Saúde: Agentes devem ter piso salarial

Saúde: Agentes devem ter piso salarial
O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, esteve reunido na manhã desta segunda-feira (22), com dezenas de agentes de combate às endemias e agentes comunitários de saúde para discutir o piso salarial sancionado pelo Congresso Nacional em junho passado. O chefe do executivo disse que o reajuste deve ser pago à categoria na cidade até o final do ano.



 
Romero frisou entretanto, que faltam alguns pontos a serem regulamentados para a aplicação do piso, estabelecido em R$ 1.014,00, na prática. “Eu fiquei feliz com essa decisão do Congresso de aprovar o piso porque fiz parte dessa luta, inclusive da comissão que instituiu essa proposta do piso salarial nacional, mas falta na realidade algum decreto regulamentando alguns itens que foram vetados. O próprio Ministério da Saúde ainda não sabe como se comportar em torno desta questão de alocação de recursos que não estavam previstos para este ano”, disse.





Mesmo assim, o prefeito garantiu que deve instituir o novo valor na cidade até o final do ano. “O nosso compromisso é pagar o piso até o fim do ano, porém, é preciso esperar essa regulamentação que deve sair em questão de dias, deixar passar o período eleitoral porque fica vedado encaminhar qualquer proposta de reajuste nesse período e depois iremos mandar um projeto para o Poder Legislativo municipal para criar uma carreira específica para os agentes comunitários. Nesse sentido, esse valor passa ser a base do salário, para que os agentes tenham um ganho real salarial na carreira em cima deste valor”, reforçou. 



Leia mais: Jornal da Paraíba

Advogado Harrison Targino acaba de entregar defesa de Cássio no TRE; confira os argumentos...


O advogado Harrison Targino, coordenador jurídico da coligação 'A Vontade do Povo', formalizou no final da tarde desta terça-feira (22), no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, contestações a todas as impugnações de que foi alvo o senador Cássio Cunha Lima (PSDB). No total, foram apresentadas seis defesas, em nome de Cássio e da coligação, ao TRE-PB.
Dentro da linha de defesa do núcleo jurídico da campanha tucana, estabeleceu-se que Harrison e o colega Delosmar Mendonça Filho ficaram responsáveis pela defesa formal de Cássio em relação às impugnações oferecidas pelo Ministério Público Eleitora, pela coligação 'A força do Povo' (que tem o governador Ricardo Coutinho, como candidato à reeleição) e uma outra dos candidatos a deputado estadual Maria da Luz (PRP) e Rafael Lima (PSB).
Assinando contestações também protocoladas hoje, o advogado Eduardo Alckmin, de Brasília, apresenta defesas em nome da coligação 'A Vontade do Povo'. Duas notícias de inelegibilidade também são contestadas. A petição assinada por Harrison e Delosmar contém 63 páginas. A de responsabilidade de Alkmin dispõe de 27 páginas. Vários documentos foram anexados, ainda, na defesa apresentada pelos advogados de Cássio e da coligação.
As linhas gerais, assim se resume: 
Prazo de inelegibilidade - Como primeiro ponto, a defesa entende que a inelegibilidade imposta como sanção a Cássio se esgotou nos três anos seguintes à eleição de 2006. Em todas as impugnações, destaca-se que essa pena é de oito anos, contando-se ano a ano - o que levaria o senador a ficar impedido até o final de 2014. Harrison e o grupo de advogados contestam, observando que, consultado, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já deixou patente que a contagem é dia a dia - estabelecendo-se, portanto, que a sanção se encerraria em 1º de outubro, ou cinco dias antes do pleito.

Primeiro ou segundo turno? - Um segundo argumento levantado pela oposição dá conta de que, a rigor, a contagem deve levar em conta o segundo de 2006 como ponto de partida para a contagem do prazo de inelegibilidade (ou seja, de 25 de outubro de 2006 a 29 de outubro de 2014). A defesa de Cássio procura derrubar essa tese, ao observar que a lei brasileira estabelece como data da eleição o primeiro domingo de outubro. O segundo turno é eventual e suplementar. O candidato, por exemplo, se registra só uma vez, no primeiro turno. Ademais, decisões do próprio TRE-PB e do TSE são elencadas, tendo como referência exclusiva a etapa inicial do processo eleitoral.

Hiato na elegibilidade - Como outra linha de argumentação apresentada pelo setor jurídico da oposição, sugere-se que não seja levado em conta o período de 2,4 anos em que o então governador ficou no cargo por força de liminar, após a primeira cassação imposta pelo TRE-PB, em 2007. A defesa do tucano contesta, observando que, na verdade, a suspensão nada tem a ver com a fluência do prazo de elegibilidade, mas foi focado o mandato.

Multa - Finalmente, um último ponto relevante apresentado pelos advogados da oposição, nas seis impugnações que articularam, diz respeito a uma multa imposta pela Justiça Eleitoral e que não teria sido quitada por Cássio - portanto, estaria inabilitado para disputar o cargo de governador. De acordo com Harrison, em verdade, a multa sequer foi até hoje registrada, não havendo condições, portanto, do candidato quitá-la. Ademais, por via das dúvidas, o advogado retirou uma certidão do TSE, com data desta terça, 22, assegurando que o senador está plenamente em dia com a Justiça Eleitoral. 

Após um mês, RC envia informações sobre remanejamento de mais de R$ 1 bilhão e o deputado Raniery Paulino do PMDB não garante nada...


O deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) recebeu na manhã desta terça-feira (22), mais de um mês depois, uma resposta ao pedido de informações que havia sido formulado pela Assembléia Legislativa ao Executivo Estadual. Em junho passado, Raniery solicitou informações detalhadas sobre o remanejamento de mais de R$ 1 bilhão para quitação de dívidas, encargos sociais e pagamento de folha de pessoal. 
De acordo com Raniery, as explicações serão analisadas, será feita a leitura do documento e verificada a procedência das informações. "Uma vez concluído esse estudo, já para a próxima reunião da comissão de orçamento deveremos deliberar sobre o assunto", explicou. Segundo o documento, será suplementado para despesa de pessoal e encargos sociais o total de R$ 602 milhões. Já com relação à despesa de custeio o total a ser suplementado é de R$ 318 milhões. 
Ainda pretende ser suplementado um total de R$ 986 milhões para despesas de investimento. Neste último caso, estão previstos recursos para o DER, para a Suplan, para a Secretaria de Administração Penitenciária, a Polícia Militar, o Ministério Público e a Cagepa. 
Confira, abaixo, a íntegra do documento enviado pelo governo ao deputado estadual Raniery Paulino:Blog do Ricardo Pereira

Onze vereadores de JP participam de encontro na Granja Santana; RC sai às pressas antes do fim do encontro...


Onze vereadores de JP participam de encontro na Granja; RC sai às pressas
Acabou agora a pouco a reunião, realizada esta tarde na Granja Santana [residência oficial do governo estadual], entre o governador Ricardo Coutinho (PSB) e 11 vereadores dos 25 que formam a base aliado do prefeito Luciano Cartaxo (PT), de João Pessoa. 
Participaram da reunião os vereadores: Eduardo Carneiro (PPS), Chico do Sindicato (PP), Sérgio da Sac (PRP), Felipe Leitão (SDD), Dinho (PR), Marmuthe Cavalcanti (SDD), Benilton Lucena (PT), Pedro Coutinho (PTB), Edson Cruz (PP), Zezinho do Botafogo (PSB) e Renato Martins (PSB). Os outros 14 vereadores da base não participaram porque votam em Cássio (PSDB) ou Vitalzinho (PMDB).
Apesar da pauta da reunião não ter sido revelada, especula-se que o encontro foi para afinar discursos e quebrar divergências em torna da candidatura do socialista. Antes que o encontro terminasse, Ricardo saiu da Granja às pressas, sem falar com a imprensa.Blog do Ricardo Pereira
rc

Prefeito de São José de Piranhas, do PMDB, adere a Cássio


O prefeito do município de São José de Piranhas, Domingos Neto, do PMDB, aderiu ao candidato a governador Cássio Cunha Lima (PSDB). A decisão foi tomada na tarde desta terça-feira (22). O peemedebista foi o segundo a confirmar seu apoio a Cássio nesta terça-feira. O prefeito de Caiçara, Cícero Francisco, do PSB, também anunciou seu apoio hoje. Ele esteve reunido na noite da última segunda-feira (21) com o senador e candidato ao governo da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB) e decidiu aderir à candidatura do tucano. Blog do Gordinho

EM JURU PB: Lei do Sistema Municipal de Cultura é sancionada pelo Prefeito

Lei do Sistema Municipal de Cultura de Juru-PB aprovado pela Câmara Municipal e assim como a Lei da Instituição do Fundo Municipal e sancionada pelo Sr. Prefeito Constitucional Luiz Galvão da Silva
 A SECULT (Secretaria Municipal de Cultura de Juru-PB) recém criada apenas a 4 meses, vem avançando em passos largos e teve até sua publicação no Diário Oficial da União do acordo feito pelo município junto com  Ministério da Cultura, que deu inicio a Lei do Sistema Municipal e a Lei do Fundo Municipal de Cultura e agora já se prepara pra outras providencias. 
Segundo o Secretário Municipal de Cultura, o mesmo afirma o compromisso em deixar tudo pronto e organizado para futuros recursos federais e estaduais que estarão por vim "e se Deus quiser, com esforço e apoio da gestão chegaremos lá" ressaltou Zé Carlos.



Senador Vitalzinho se compara ao rei Leônidas, do filme ‘300’...

Vitalzinho como rei Leônidas (em montagem)
O senador Vital do Rêgo Filho (PMDB), candidato ao Governo do Estado, acredita que, apesar da militância pequena e do incômodo terceiro lugar nas pesquisas eleitorais, é possível ser eleito no pleito de outubro deste ano. Em postagem feita em sua página no Twitter, Vitalzinho se comparou ao rei Leônidas, protagonista do filme ‘300’. O histórico líder espartano ficou conhecido por enfrentar e vencer exércitos formados por milhares de milicianos estrangeiros tendo ao seu lado apenas 300 guerreiros de Esparta.
“Termino a noite - já de madrugada - afirmando que existe um Leónidas I em cada um de nós. #300deEsparta. Boa noite e ótima terça para todos”, postou o senador Vital do Rêgo Filho, em sua página no Twitter. Pesquisas eleitorais mostram que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) lidera na briga pela vaga de governador. O governador Ricardo Coutinho (PSB), ainda conforme as pesquisas, aparece em segundo. Vitalzinho surge em terceiro e, conforme analistas, sua candidatura ainda não decolou.

Conheça a vida do catador que se tornou médico com a ajuda de livros encontrados no lixo

Cícero Pereira Batista, de 33 anos, é um ex-catador de lixo que conseguiu o diploma de médico graças à sua obstinação, como ele mesmo diz.
Cícero cresceu em Brasília, em uma região com altos índices de violência, ao lado de mais 20 irmãos. Sua mãe acabou se tornando alcoólatra, e seu irmão mais velho passou a usar e traficar drogas.
Mas, apesar de todas as dificuldades, Cícero começou a catar lixo para comer e ajudar a alimentar seus 20 irmãos. Várias vezes ele encontrou alimentos estragados, iogurte vencido e outros restos de comida, mas tudo era usado para que ele conseguisse sobreviver.
Catador de lixo se tornou médico com ajuda dos livros encontrados no lixo
Cícero Pereira Batista era um catador que tomou gosto pela leitura graças a livros encontrados no lixo. Depois de muita batalha ele se formou no curso de medicina.
Mas em meio a todas as coisas jogadas, Cícero encontrou a saída para uma vida melhor. Ele começou a pegar livros e vinis para ler e escutar músicas. Percebendo a aptidão e gosto pela leitura, sua irmão resolveu o matricular em uma escola pública, onde conseguiu com ajuda de amigos e professores, chegar ao ensino técnico, fazendo curso de enfermagem, onde passou em segundo lugar na seleção feita pelo Cespe, banca que integra a UnB (Universidade de Brasília).
77
Após concluir o curso, ele acabou sendo aprovado no concurso da Secretaria de Saúde para Técnico em Enfermagem e começou a trabalhar em um hospital público. Apesar disso, ele não quis parar de estudar e acabou prestando vestibular para Medicina em uma faculdade particular. O salário que recebia no trabalho era usado para pagar as mensalidades de seu curso.
Mas como sua rotina estava muito difícil, Cícero resolveu fazer o Enem e conseguiu bolsa de estudos, passando a cursar medicina no Gama (DF), onde inicialmente enfrentou preconceito racial.
Mas seu otimismo e jeito de levar a vida acabou o fazendo superar tudo, e ele, no último dia 6 de junho, se tornou médico. Agora ele quer se especializar em psiquiatria ou pediatria, além de tentar dar uma vida melhor para sua mãe.
Além de tudo, Cícero ainda pensa em fazer Direito. Assista a um vídeo gravado em um programa de TV local:
Fonte: Hypeness

Mulher atira no estômago do parceiro por ele não ter tido um bom desempenho sexual

Mulher atirou no estômago de seu parceiro por ele não ter tido um bom desempenho sexual
Sadie Bell, 58, uma mulher de Southfield, Michigan, nos EUA, foi condenada em abril por disparar em seu parceiro Edward Lee, 60, no estômago com um revólver semi-automático. Ela foi condenada por agressão com intenção de fazer um grande dano corporal, mas sem querer matar.
Sino disse à polícia que ela estava com raiva de Lee por ter saído uma mínima quantidade de esperma durante a ejaculação, o que a fez pensar que ele estava tendo relações íntimas com outras mulheres.
Ao tomar um tiro, outro problema veio à tona: Bell e Lee eram amantes, e ele era casado a mais de 15 anos com outra mulher.
"Ela afirmou que ela sabia que ele estava tendo um caso, porque ele não estava produzindo ejaculação suficiente”, disse o chefe da polícia Paul Walton, em entrevista à CBS de Detroit.
Lee sobreviveu ter após ser baleado, mas passou cinco semanas no hospital se recuperando. Ele foi submetido a grandes cirurgias para reparar os danos no fígado, pâncreas, cólon e rins.
Esta não foi a primeira vez que Bell foi preso por violência contra uma amante.
Em 1991, ela foi presa por supostamente disparar em um outro homem, o marido. Ela não foi condenado por nenhum crime neste caso, e seu marido se recusou a depor contra ela.
Todos os crime somados poderão colocá-la por 10 anos atrás das grades.
FONTE: Daily Mail

Filiado ao PMDB, ex-gestor de Fagundes anuncia apoio a dobradinha Benjamin federal e Cássio Governo


Filiado ao PMDB, ex-gestor de Fagundes anuncia apoio a dobradinha Benjamin federal e Cássio Governo
Defensor do projeto de reeleição do deputado federal Benjamin Maranhão (SD) desde que o parlamentar ainda era filiado ao PMDB, o ex-prefeito do município de Fagundes, Gilberto Dantas (PMDB), anunciou que vai continuar seguindo a orientação do parlamentar em 2014 e também apoiará o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) na disputa pelo Governo daParaíba.

Dantas destacou que na maioria das vezes que alcançou os pleitos em prol da cidade, através do intermédio do parlamentar, pôde contar com o chefe do executivo do Estado para viabilizar, facilitar e acelerar a chegada dos investimentos. “Benjamin é um parceiro importante e agora que ele está com Cássio nós também estaremos”, disse.

O deputado federal Benjamin Maranhão agradeceu o reconhecimento dispensado pelo gestor e a confiança de apoiar os candidatos da coligação, com Cássio para o Governo da Paraíba e o nome dele para retornar à Câmara dos Deputados.

“Ficamos muito felizes com a extensão desse apoio ao senador Cássio, ouvimos as vozes das ruas e sabemos que estamos no caminho certo”, disse.


Assessoria de Imprensa 

Prefeito do PSB anuncia adesão a Cássio e leva consigo vice e vereadores

Cícero Francisco aderiu à candidatura do tucano ao lado do vice-prefeito Tarcizinho e de um grupo de vereadores depois que se reuniu com Cássio Cunha Lima na noite desta segunda-feira (21)

O prefeito de Caiçara, Cícero Francisco (PSB), esteve reunido na noite da última segunda-feira (21) com o senador e candidato ao governo da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB) e decidiu aderir à candidatura do senador tucano. Através de nota nesta terça-feira (22), o prefeito oficializou a sua adesão e de alguns vereadores ao projeto do tucano. Na nota, o socialista disse que “é pela vontade do povo que faço a minha vontade e escolha, e hoje declaro meu apoio integral, ao lado do Vice-Prefeito Tarcizinho, dos nossos vereadores e de uma grande parcela da população, ao projeto político do Senador Cássio Cunha Lima”.

Cássio é recebido por Fórum dos Servidores e diz que vai abrir canal de diálogo com o funcionalismo



Cássio é recebido por Fórum dos Servidores e diz que vai abrir canal de diálogo com o funcionalismo
O senador Cássio Cunha Lima, candidato ao governo da Paraíba pela coligação “A Vontade do Povo”, anunciou na noite de segunda-feira (21) que, se for eleito no pleito de outubro, vai abrir um canal de diálogo com as entidades de funcionários públicos do Estado...
O anúncio foi feito durante reunião do senador no Fórum dos Servidores Públicos da Paraíba, na sede do Sindifisco, em João Pessoa, na noite de segunda-feira. O Fórum reúne 22 entidades que congregam servidores do Estado e tem tido dificuldades em manter um diálogo com o governo do Estado.
Na reunião de segunda-feira, durante meia hora, o senador Cássio Cunha Lima expôs o que pensa sobre a convivência com as categorias de servidores públicos e garantiu que no seu governo, a exemplo do que ocorreu em suas duas administrações anteriores, o diálogo será aberto.
Depois, o presidente do Sindifisco, Victor Hugo, abriu o debate e o primeiro a falar foi o Coronel Maquir Alves, presidente da Caixa Beneficente da Polícia Militar. Ele lembrou que quando Cássio era governador, as categorias sempre tiveram as portas do Palácio abertas para o diálogo.
Já o Coronel Francisco, presidente do Clube dos Oficiais da PM, disse que “a Polícia era feliz e não sabia” no tempo em que o senador Cássio Cunha Lima era governador do Estado. “Sempre fomos bem recebidos, tanto pelo governador como pelos seus auxiliares”, disse o Coronel.
O presidente do Sindicato dos Médicos, Tarcísio Dias, acusou o governador Ricardo Coutinho de “ditador” e disse que a categoria dos médicos paraibanos nunca foi tão desrespeitada como no atual governo.

O homem é Pedro! Ex- prefeito Dr. Sidney anuncia apoio à candidatura de Pedro Cunha Lima para deputado federal

Ex-prefeito diz que escolha foi pautada por amizade e expectativa partidária

O ex-prefeito e presidente do PSDB de Princesa Isabel, Dr. Sidney, anunciou na noite desta segunda-feira (21) seu apoio à candidatura do também tucano Pedro Cunha Lima para deputado federal.
Dr. Sidney disse que a escolha foi definida por sugestão do senador e candidato a governador Cássio Cunha Lima, pai do postulante à Câmara dos Deputados.
“A opção por Pedro Cunha Lima foi feita com base na amizade que temos com Cássio, mas prevaleceu também o entendimento de que a parceria representa o melhor para as expectativas do nosso grupo como também para o PSDB”, afirmou.
Dr. Sidney ressaltou que o comando tucano também deu total liberdade para que os vereadores que integram o grupo possam fazer escolha por outro nome para compor a chapa proporcional, desde  que faça parte da coligação liderada pelo PSDB.
“O nosso grupo, formado por vários partidos, tem postura democrática. Assim, não vemos qualquer problema no apoio à reeleição do deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP), apoiado pelo prefeito Dominguinhos (PSDB)”, assinalou.
Fonte e foto Blog do José Duarte Lima (www.duartelima.com.br)

Ministério da Saúde e Inca: Saiu o edital!

INCA - autorizado conurso MSAUDE
O Instituto Nacional de Câncer (Inca) do Rio de Janeiro e o Ministério da Saúde,divulgaram nesta terça-feira, 22 de julho de 2014, o edital de abertura de seus concursos públicos. A seleção é feita de forma conjunta sendo regida por um único edital. O certame é para provimento de  vagasem cargos de nível superior e de nível intermediário  e está sob a responsabilidade da Funcab.
São oferecidas 768 vagas em cargos dos níveis médio, médio/técnico e superior, em sua maioria da área de Saúde, sendo 583 para trabalhar no Inca, no Rio de Janeiro, e 185 no ministério, em Brasília.
A remuneração inicial varia de R$3.239 a R$9.874,05, conforme o cargo.
Inscrições
Para efetivar a participação na seleção, o candidato deve preencher formulário disponível nolink  http://funcab.org/, bem como efetuar o pagamento da taxa no valor de R$ 97,00 para nível superior e R$ 78,00 para nível médio.
O documento liberado traz as principais regras do certame, bem como especifica a distribuição das vagas abertas e a descrição das atividades de cada função. No entanto, o conteúdo programático a ser estudado e o cronograma da seleção, com indicação do prazo de inscrições e data de aplicação das provas, somente serão liberados em 5 de agosto, conforme especifica o edital.  O concurso terá a validade inicial de dois anos, podendo ser prorrogada uma única vez e pelo mesmo período.
Clique AQUI confira os detalhes.
FIQUE  LIGADO
Lançaremos cursos presenciais e online específicos para o certame até o final do dia ! Disponibilizaremos também apostilas preparatórias para pré-venda com preço promocional.
Ao longo de 24 anos foram mais de 550.000 aprovados em concursos públicos. 

Candidato ao governo, Cássio contesta inelegibilidade e diz que não entraria em uma aventura eleitoral


Candidato ao governo, Cássio contesta inelegibilidade e diz que não entraria em uma aventura eleitoral
 Uma semana após o Ministério Público Eleitoral pedir a impugnação da candidatura, de Cássio Cunha Lima (PSDB), candidato ao governo do Estado, nas eleições deste ano, o tucano voltou a se manifestar sobre o assunto, reafirmando que está elegível. Em entrevista concedida a imprensa paraibana ele garantiu que não entraria numa aventura simplesmente por ser candidato e que já pagou a sua pena.

“Eu estou com cinqüenta e um anos de idade. Tenho um mandato de senador atualmente e se estivesse a consciência que estava inelegível, eu continuaria no senado cumprindo meu mandato”, disse.

Tentando explicar porque está elegível, Cássio disse que a contagem é muito simples e é feita a partir da data da eleição  que foi disputada para a eleição presente. Ou seja, de 2016 para 2014, são oito ano e no dia 1º de outubro terá completado os anos da inelegibilidade.

“Eu não quero simplesmente retomar um mandato que foi interrompido. Não é este o meu objetivo. Eu quero fazer algo novo, diferente, fazer um governo muito mais planejado”, avaliou.

Voltando no tempo e relembrando a perda do mandato, ele disse que foi cassado de governador, não foi por corrupção ou por malversação do dinheiro público. Segundo ele, a Justiça Eleitoral entendeu de forma equivocada, que um programa social, que fora suspenso no período eleitoral, teve influência no resultado das eleições de 2006.

Ele enfatizou que o Programa da FAC à época era semelhante ao Bolsa Família, o qual tinha critérios e que nunca havia entregado cheques à famílias, mas a Justiça entendeu que o programa foi decisivo para a sua vitória.

“Eu vou morrer discordando dessa decisão. A Paraíba havia me escolhido governador em quatro oportunidades. Nos dois turnos de dois mil e dois, em dois mil e seis pela vontade livre e soberana do povo paraibano. Portanto, eu não perdi o mandato por ter colocado dinheiro no bolso e nem na cueca, mas sim por ter ajudado a quem mais precisa”, ressaltou.

O senador explicou ainda que por conta da cassação foi punido por três anos de inelegibilidade, que foi cumprida e que por só este argumento já garante o direito de disputa. Ele informou também que ainda que queiram aplicar os oito anos previstos na nova legislação, ele teria cumprindo também o prazo da inelegibilidade.

Redação

Escritor Ariano Suassuna sofre AVC hemorrágico e é operado


O escritor, dramaturgo e poeta paraibano Ariano Suassuna, de 87 anos, foi submetido a um procedimento cirúrgico, na noite desta segunda-feira (21), no Recife. Ele foi internado por volta das 20:00, em função de um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico.


Suassuna está internado no Hospital Português. Após a cirurgia, que durou aproximadamente uma hora, ele foi transferido para a UTI neurológica, onde está se recuperando. Segundo a assessoria de imprensa da unidade de saúde, o quadro dele é considerado estável pelos médicos. (G1)

População terá medicamentos mais baratos nas farmácias


medicamento_tarja_vermelha
Desde ontem (21) os medicamentos que passaram a ter a isenção do PIS/Cofins chegam mais baratos nas farmácias. O Governo Federal ampliou em 174 a lista de substâncias que ficam livres da cobrança desses tributos, o que deve levar a uma redução de 12%, em média, nos preços dos produtos.

Os medicamentos isentos dos tributos estão sendo chamados de “lista positiva” e já somam mais de mil itens com sistema especial de tributação, o que representa 75,4% dos medicamentos comercializados em todo o país. Na lista estão medicamentos tarja vermelha e preta.
A medida tem o objetivo de reduzir o custo para a população com medicamentos utilizados para o tratamento de artrite reumatoide, câncer de mama, leucemia, hepatite C, doença de Gaucher e HIV, entre outros problemas de saúde. Para fazerem jus ao benefício, os medicamentos devem estar sujeitos à prescrição médica e estarem destinados à venda no mercado interno. (Agência)

Suspeitos morrem em tentativa de assalto a policial militar na Paraíba


Uma tentativa de assalto na residência de um policial deixou cinco assaltantes mortos, após uma troca de tiros com a polícia, na tarde desta segunda-feira (21) em Lagoa Seca, no Agreste paraibano. Durante a troca de tiros, o policial e duas mulheres também foram atingidos. Todos os feridos foram levados para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

Segundo as informações do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), por volta das 12h, o policial militar dormia dentro de sua casa, no sítio Lagoa de Baixo, quando quatro assaltantes invadiram o local. O quinto homem ficou do lado de fora, dando cobertura durante o crime.

A mãe, a companheira e a irmã do policial assistiam televisão no momento da invasão. O grupo revirou os cômodos da casa para roubar dinheiro e objetos, quando o policial saiu do quarto reagindo ao assalto. Os criminosos revidaram e começou um tiroteio. O policial, a mãe e a irmã foram atingidos. Os cinco suspeitos fugiram e foram perseguidos por outros policiais militares após o Ciop ter sido acionado.

Ainda de acordo com a PM, na perseguição houve nova troca de tiros. Todos os cinco assaltantes foram baleados e levados para o Hospital de Trauma de Campina Grande. Três morreram antes de receber atendimento e dois morreram após dar entrada na unidade, segundo a assessoria de comunicação do hospital. Todos eles estão sem identificação.

O policial militar, a companheira e a irmã foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados também para o Trauma. O PM foi atingido com um tiro no tórax e encaminhado para o centro cirúrgico. As duas mulheres também estão no Hospital de Trauma, mas seus estados de saúde não foram informados até as 17h. Blog do Caue

21/07/2014

Evangélica Após fim de namoro, Zilu frequenta culto

Após fim de namoro, Zilu frequenta culto
Zilu Camargo compartilhou  uma foto nas redes sociais que não costuma ser habitual. Neste domingo (20), ela fez uma ‘selfie’ durante culto mostrando inclusive o véu da Congregação Cristã Do Brasil.

A ex-mulher  de Zezé di Camargo destacou o capítulo 42 do livro de Jó, na Bíblia:

“Uma benção. Deus no comando”, legendou.


O Fuxico

O MEMES DA HORA……..GRAVE DENÚNCIA


10568934_736919446364224_791335096676879574_n

João Henrique, Aníbal e Janduhy desmentem assessoria e negam apoio a Maranhão

Deputados afirmaram que a informação divulgada pela assessoria do candidato peemedebista é “inverídica”.

João Henrique, Aníbal e Janduhy foram confirmados como adesão pela assessoria de Maranhão (Crédito: Fotomontagem -WSCOM)
Os deputados estaduais João Henrique (Democratas), Aníbal Marcolino (PEN) e Janduhy Carneiro (PTN) negaram, na noite desta segunda-feira (21), informação divulgada pela assessoria de imprensa do candidato ao Senado Federal, José Maranhão (PMDB), de que os três parlamentares teriam anunciado apoio à candidatura do peemedebista. 
Segundo João Henrique, a assessoria do ex-governador se equivocou ao divulgar a informação devido a um encontro ocorrido entre ele e José Maranhão, no município de Araçagi, neste domingo (20).
Apesar de  desmentir o apoio, João Henrique não negou que sente dificuldade em apoiar à candidatura de Wilson Santiago (PTB) para o Senado Federal, devido às contingências políticas existentes na região do Cariri, principalmente em Monteiro, onde sua esposa Edna Henrique é prefeita. “Tenho o maior respeito por Wilson, mas não posso bater de frente com meus correligionários”, comentou.
O deputado revelou que ainda está mantendo conversações sobre qual candidato deverá apoiar para o Senado Federal, e que em breve estará anunciando o seu posicionamento.
Voto em Wilson Santiago
João Henrique afirmou que encontro comMaranhão em Araçagi foi casual (Crédito: Assessoria)
O deputado Aníbal Marcolino entrou em contato pessoalmente com a reportagem do WSCOM Online e também negou a informação. Segundo ele, o seu candidato a senador é Wilson Santiago (PTB). “Gosto muito do ex-governador José Maranhão, é meu amigo, já votei nele, mas minha chapa completa é Cássio (governador), Ruy Carneiro (vice-governador) e Wilson para o Senado. Essa informação não procede”, disse.
Sem acordo
Já o deputado Janduhy Carneiro disse que a informação divulgada pela assessoria do ex-governador era “inverídica” e que sequer chegou a discutir a possibilidade de apoio com José Maranhão.
“É uma notícia inverídica, não procede essa informação. Tenho mantido contato com as lideranças política que nos apoiam para juntos, tomarmos uma decisão conjunta sobre quem irei apoiar para o Senado. Não sabemos de onde partiu essa informação, mas respeito o ex-governador José Maranhão, no entanto, em nenhum momento eu mantive contato com ele. Ele sequer me procurou para pedir esse apoio”, afirmou.
Entenda
A assessoria de José Maranhão divulgou no início da tarde desta segunda-feira (21) que o peemedebista participou de atividade de campanha no município de Araçagi. No texto, são destacadas as presenças e adesões do deputado federal Wellington Roberto (PR) e do deputado estadual João Henrique (Democratas).
No mesmo release, a assessoria também confirma as adesões dos deputados estaduais Janduhy Carneiro (PTN) e Aníbal Marcolino (PEN).
Da Redação
WSCOM Online