BLOG DO CASUSA

BLOG COM ATUALIZAÇÃO E INFORMAÇÕES NO GERAL!

BLOG DO CASUSA

RESPEITO E CREDIBILIDADE AO LEITOR!

PRINCESA ISABEL-PB

VISTA PANORAMICA DA AVENIDA COM A PREFEITURA LOGO A FRENTE.

BLOG DO CASUSA

RESPEITO E CREDIBILIDADE AO LEITOR!

BLOG DO CASUSA

BLOG COM ATUALIZAÇÃO E INFORMAÇÕES NO GERAL!

18/09/2014

UPA de Princesa Isabel será entregue na terça

DSC00118
Será entregue na próxima terça-feira (23), a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas de Princesa Isabel, segundo anunciou hoje (18) o diretor geral do Hospital Regional de Princesa Isabel (HRPI), Ricardo Pereira.
Ele disse que a entrega da unidade vai acontecer às 19 h, com a presença do secretário estadual Waldson Souza (Saúde).
A UPA, com quase 900 metros quadrados, teve investimento de R$ 3,3 milhões em obras e equipamentos, com recursos do governo do Estado e do Ministério da Saúde, e vai atender 80 mil habitantes dos municípios que integram a 11ª Gerência Regional de Saúde (11ª GRS): Princesa Isabel, Manaíra, Tavares, Juru, Água Branca, São José de Princesa e Imaculada.
Na unidade, será oferecido atendimento diário durante 24 horas aos pacientes em situação de menor gravidade. Além de  exames de raio-X, eletrocardiograma e exames laboratoriais, a UPA também vai disponibilizar suporte ao Serviço de Atendimento Móvel (SAMU) e atender às urgências clínicas e pediátricas, de maneira a reduzir a demanda de ocorrências de menor complexidade na rede hospitalar 
Fonte e fotos (www.duartelima.com.br)  Blog do José Duarte Lima
DSC00127

DSC00125

DSC00124

DSC00116

DSC00121

Coligação ingressa com AIJE contra governador

A Coligação A Vontade do Povo, que tem o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao Governo do Estado, ajuizou junto ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba uma AIJE – Ação de Investigação Judicial Eleitoral - contra o atual governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição. A acusação é de abuso do poder político, ao Ricardo promover diversas irregularidades à luz da legislação eleitoral contra servidores públicos.
A representação contra o atual governador, com base na Lei das Eleições nº 9.504/97, pede ao TRE-PB, principalmente, que investigue a demissão em massa de comissionados no ano eleitoral; a nomeação e demissões baseadas em critérios político-eleitorais; exoneração de servidores da vice-governadoria; demissão e admissão de prestadores de serviços dentro do período eleitoral; concessão de vantagens ou benefícios ou retirada dos mesmos de servidores de modo a estimulá-los ou constrangê-los a seguir determinada candidatura e, ainda, a utilização de servidores em prol da campanha do candidato a governador.
Conforme os advogados da Coligação, o atual governador continua agindo de forma ilícita, valendo-se da máquina estatal em favor da candidatura dele à reeleição, com adoção de procedimentos públicos sem desculpas.
Os advogados solicitaram ainda da Justiça Eleitoral que requisite a folha de pagamento dos últimos seis meses, de todo os servidores públicos efetivos, comissionados ou temporário, bem como, junto ao Tribunal de Contas do Estado, pareceres ou qualquer tipo de auditoria, relativo à variação nos gastos com pessoal e empregos públicos da Administração Direta e Indireta  para subsidiar a investigação. ASSESSORIA

EM JOÃO PESSOA HOJE: Cássio participa debate e Encontro de Lideranças

A agenda de campanha do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), nesta quinta-feira (18), será dedicada para mais um debate eleitoral com os outros candidatos ao Governo do Estado, pela manhã. No final da tarde, participa de grande Encontro Estadual de Lideranças, ambos em João Pessoa.
Às 10h, o candidato a governador da Paraíba pela Coligação “A Vontade do Povo” terá mais uma chance de expor suas ideias e propostas no debate promovido pelos alunos do Colégio Sesquicentenário, na Capital paraibana. Além de Cássio, os outros cinco postulantes ao cargo foram convidados para o evento.
No período da tarde, mais precisamente às 16h30, o senador participa de um grande evento nesta reta final de campanha. Trata-se do Encontro Estadual de Lideranças, que será realizado no Esporte Clube Cabo Branco (ECCB), no Bairro de Miramar.
O evento promovido pela Coligação “A Vontade do Povo” (PRB - PP - PTB - PSC - PR - PPS - PSDC - PTN - PMN - PSDB - PEN - PSD - PT do B e SD) vai reunir centenas de lideranças políticas de todas as regiões da Paraíba. Além do senador Cássio Cunha Lima, o encontro vai contar com a participação do candidato a vice Ruy Carneiro, de Wilson Santiago (PTB), que tenta uma vaga no Senado Federal, candidatos a deputado estadual e federal, prefeitos, vereadores e demais aliados políticos.
Segundo Cássio, Encontro Estadual de Lideranças é um importante evento para reunir os aliados e reafirmar as propostas e compromissos firmados na campanha. O evento será aberto ao público. Então, vista-se de amarelo e venha prestigiar os candidatos que tem as melhores propostas para o futuro da Paraíba. ASSESSORIA

Água Brega 2014

CONFIRA AS ATRAÇÕES DA FESTA DO 'ÁGUA BREGA 2014', QUE SERÁ REALIZADA NO PRÓXIMO SÁBADO EM ÁGUA BRANCA
 

ESCÂNDALO: Deputado acusa Ricardo Coutinho de receber “tôco” da locação de viaturas policiais

[...]Ricardo Coutinho (PSB) recebe propinas de contratos de locação de veículos.
manoel.jpg.280x200_q85_crop 
O deputado Manoel Júnior disse textualmente durante o VII Encontro Regional do PMDB e do Seminário “Pensando a Paraíba”, que ocorreu no Rotary Club de Mamanguape neste final de semana, que o governador Ricardo Coutinho (PSB) recebe propinas de contratos de locação de veículos.

Para o peemedebista, a política de terceirização da Saúde pública e de locação de carros para a PM, rende ao governador da Paraíba ‘tôco’. “O governador não valoriza os profissionais da Segurança Pública. Acha que com meia dúzia de carros locados.. porque antigamente Zé Maranhão comprava o veículo para aumentar o patrimônio do Estado, agora é a privatização da saúde e da segurança pública, porque alugando carro lá de Pernambuco ou de outros estados, tem o tôco do governador e dos seus operadores“, disparou Manoel Júnior.

Em discurso emocionado, Manoel Júnior considerou os mil dias do governo socialista um desastre. “Ele (Ricardo Coutinho” é um falacioso. Foram mil dias de perseguição, fechamento de escolas e demissões”, comentou.
CLICKPB
Polêmica Paraíba

O clima esquentou! Rosas afirma que PSB não fez acordo de neutralidade e pede respeito ao PT

Apesar da cobrança, presidente disse que não pretende “tencionar” com os petistas


 
 

O presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas, rebateu, nesta quinta-feira (18), as declarações do secretário nacional de organização do PT, Florisvaldo Raimundo de Sousa, de que o governador Ricardo Coutinho (PSB) tinha firmado um compromisso de neutralidade com a sigla para as eleições presidenciais deste ano, mesmo o PSB tendo candidatura própria.

Segundo Florisvaldo, Ricardo quebrou este acordo ao criticar o Governo Federal durante atividade de campanha da presidenciável Marina Silva (PSB) na Paraíba neste final de semana. No entanto, Rosas afirmou que nem Ricardo, nem o PSB fez qualquer tipo de pacto de neutralidade com os petistas para o pleito.

“Em nenhum momento o PSB estadual, nem o companheiro Ricardo fez acordo com PT para ficar neutro. Não temos história de ficar em cima do muro, de neutralidade. Jamais nós faríamos este tipo de acordo. Sempre tivemos uma posição política, neutralidade para nós não existe”, afirmou Rosas.

“Com a história de Ricardo, a minha história, nós jamais faríamos um tipo de acordo deste de neutralidade em relação a projeto do partido. Somos muito partidários. Então, Ricardo não fez acordo de neutralidade, nem o PSB fez. São fatos e eu confirmo isto com quem quer que seja. Isso que estamos falando é a mais pura verdade”, acrescentou.

Rosas também cobrou respeito do PT a candidatura de Marina Silva a presidência da República.

“A Executiva do PT ou de qualquer outra legenda tem que respeitar a autonomia dos outros partidos. O PSB nacional tem uma candidatura, tem um projeto para debater com a sociedade, seja nas ruas, seja no guia eleitoral. Então, esperamos ser respeitados, da mesma forma que respeitamos a candidatura de Dilma”, ressaltou.

Apesar da cobrança, o presidente disse que não pretende “tencionar”, nem com a direção executiva nacional do PT, nem com a estadual, pois a “briga” do PSB na Paraíba não é uma disputa interna na coligação formada com o PT.

“Para nós o PT não é um empecilho, para nós a aliança com o PT foi uma solução e o PT estadual entende que é importante manter e respeitar os palanques diferentes”, afirmou ele lembrando que em várias cidades Ricardo pede votos para Marina e o petista Lucélio Cartaxo, candidato a senador da coligação PT/PSB, para Dilma Rousseff, no mesmo palanque.


Cristiano Teixeira - MaisPB

Retaliação PT nacional acusa Ricardo Coutinho de quebrar acordo de neutralidade

Florisvaldo Raimundo admitiu que Dilma participou de guia de Vital para retaliar o PSB


 

 O secretário nacional de organização do PT, Florisvaldo Raimundo de Sousa (foto), admitiu, nesta quinta-feira (17), que a participação da presidente Dilma Rousseff (PT), no guia eleitoral do senador Vital Filho (PMDB), candidato a governador pela coligação “Renovação de Verdade”, foi uma forma de retaliação às críticas do governador Ricardo Coutinho (PSB) ao Governo Federal durante atividade de campanha da presidenciável Marina Silva (PSB) na Paraíba no último final de semana.

“Ele foi infeliz naquelas afirmações que fez no comício. Acho que ele não precisava daquilo, talvez ele tenha tentado pegar carona para melhorar seu desempenho, no desempenho da Marina. Mas, acho que nem consegue por que são muitas as baixas na campanha de Marina nos últimos dias”, disse.

Florisvaldo acrescentou que, como o governador quebrou o compromisso de neutralidade para a eleição presidencial, o PT fica livre.

“Acho que se ele tivesse mantido a posição de neutralidade, que era um compromisso que tinha conosco teria um desfecho melhor, talvez a presidenta Dilma não teria aparecido no guia de Vital”, declarou.

Apesar de rechaçar a postura do governador, o secretário afirma que “as atividades de campanha da coligação do PT com o PSB, em torno das candidaturas de Ricardo a governador e do petista Lucélio Cartaxo a senador continuam no Estado”.

“Mas, como ele deu indicação de apoio a Maraina, se ele tomou uma posição, ficamos livres para tomar outra”, completou.


Cristiano Teixeira - MaisPB

Pesquisas polêmicas

PESQUISA IBOPE NEM SAIU AINDA E JÁ ESTÁ SENDO QUESTIONADA NA JUSTIÇA

 O advogado Francisco Ferreira
está está entregando ao Ministério Publico Federal um material para que se possa apurar na esfera penal a mágica que estão trazendo nos cálculos de margem de erro e nível de confiança da pesquisa.
Na última pesquisa registrada pelo IBOPE, que poderá ser divulgada amanhã, dia 19/09/2014, o Instituto trouxe como margem de erro 3% e intervalo de confiança de 95%, e segundo o jurista,  a amostra a ser pesquisada para que se pudesse concluir por essas margens, deveria ser de no mínimo 1065 pessoas pesquisadas, todavia, o IBOPE só ouviu 812 pessoas, quase 300 pessoas a menos. Com isso eles economizam tempo, recursos físicos, humanos e financeiros.
Juru em Destaque com Blog do Tião Lucena

Residência Oficial ou Comitê de Campanha? – Ricardo usa Granja Santana para fazer acordos e receber adesões



Residência Oficial ou Comitê de Campanha? – Ricardo usa Granja Santana para fazer acordos e receber adesões
A Lei das Eleições (9504/1997), em seu artigo 73, diz claramente que é proibido ao agente público ceder bens móveis ou imóveis da União para candidatos ou partidos, bem como usar em campanha materiais ou serviços custeados pelos cofres públicos.

O release “Lideranças de oposição em Santo André aderem à reeleição de Ricardo Coutinho” distribuído pela coligação “A Força do Trabalho” de Ricardo Coutinho mostra claramente que o governador que é candidato, recebeu adesões de algumas lideranças políticas do município de Santo André no dia de ontem em plena Sala de Reuniões da Granja Santana.
RC 

Na foto distribuída, o governador candidato posa com adesivos de sua campanha em plena mesa com os vereadores João Batista (PR), Valdir Silva (PRTB), Francisco Fernandes (PSDC), Fideles Messias (PSB) e João Fernandes (ex-presidente da Assembleia). Sem se importar com a ilegalidade, cujo  artigo 73 da Lei Eleitoral: é proibido aos agentes públicos “ceder ou usar, em benefício de candidato, partido político ou coligação, bens móveis ou imóveis pertencentes à administração direta ou indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Territórios e dos Municípios”, a Granja Santana  continua sediando encontros de campanha.

Única pesquisa que o PSB não tentou impugnar traz um cenário “menos ruim” para o governador


Por meio de partidos e candidatos proporcionais, a coligação do governador Ricardo Coutinho já conseguiu impugnar pesquisas de diversos institutos, entre eles: Ibope, Souza Lopes e IPESPE. Por grande “coincidência”, a única pesquisa que o PSB não tentou impugnar traz um cenário menos ruim para RC.
De acordo com a pesquisa divulgada hoje (18) pela TV Itararé e a Rádio Campina FM, realizada pelo instituto 6sigma, Cássio obteve na pesquisa estimulada 43,2% das intenções de voto, contra 36,1% destinados a Ricardo. Vital Filho (PMDB) recebeu 4,4%, Major Fábio (Pros) 0,5%, Antonio Radical (PSTU), 0.3% Tárcio Teixeira (Psol) 0,2%.
Brancos e nulos totalizam 5,5%. Não sabe 9,1%. Não informou 0,7%. Foram entrevistadas 1.103 pessoas entre os dias 12 e 16 de setembro. A margem de erro é de 2,95% – para mais ou para menos, com índice de confiabilidade de 95%.
A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral 0282014/PB.

Congresso Nacional de Procuradores de Estado decide lutar pelo impeachment de Ricardo Coutinho

ricardo c
Durante o 40º Congresso Nacional dos Procuradores de Estado, realizado no período de 9 a 12 deste mês, em João Pessoa, o governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição, não só foi alvo de duras críticas, como também passou a ser apontado como o pior exemplo no Brasil de gestor que desprestigia e persegue os integrantes do próprio quadro da Procuradoria Geral do Estado (PGE). E mais: de forma objetiva, após ficarem expostos os muitos casos de total indiferença às decisões judiciais até mesmo do Supremo Tribunal Federal (STF), as entidades representativas da classe anunciaram, com aclamação de toda a plenária do evento, a intenção de pressionar a Assembleia Legislativa para que seja aberto um processo de impeachmentcontra Ricardo.
         – Nós decidimos adotar ações políticas para combater esse tipo de descaso com a ordem política e de descaso com os interesses legítimos do povo paraibano – justificou em entrevista o presidente da Anape, Marcello Terto e Silva.
         De acordo com o dirigente nacional da entidade que representa todos os procuradores de Estado, não apenas a mobilização pelo impeachment do governador faz parte do conjunto de ações decidido pela plenária do Congresso realizado em João Pessoa.
         – Vamos também formalizar representações junto à Procuradoria Geral da República para que instaure um procedimento para avaliar a existência de crime de responsabilidade e crime de desobediência no que diz respeito às ordens emitidas em liminares pelo STF – revelou o presidente da Anape.
         As principais queixas das categorias representativas dos procuradores dizem respeito à flagrante indiferença de Ricardo Coutinho às decisões da Justiça, notadamente no que diz respeito à exigência do Procurador-Geral de carreira, conforme previsto na Emenda Constitucional n.º 35/2014, e as decisões proferidas em várias instâncias, desde o Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, o Tribunal de Contas da União e o próprio Supremo Tribunal Federal, neste último caso reconhecida pelo Procurador-Geral da República nos autos da Reclamação 17.601/PB.
Carta Aberta
         A Plenária do 40º Congresso Nacional dos Procuradores de Estado decidiu produzir um documento, batizado de “A Carta de João Pessoa”, formalizando o repúdio à postura do Governo Ricardo Coutinho e denunciando abusos da gestão, na forma de ações que prejudicam a carreira e ameaçam o Estado Democrático de Direito.
         Veja a Carta, na íntegra, postada no site oficial da Anape (www.anape.org.br/site/carta-joao):

CARTA DE JOÃO PESSOA

XL CONGRESSO NACIONAL DOS PROCURADORES DOS ESTADOS E DO DF

João Pessoa/PB, 12 de setembro de 2014

Os Procuradores dos Estados e do Distrito Federal, reunidos em Assembleia Geral Ordinária e Sessão Plenária do seu XL Congresso Nacional, realizado entre os dias 9 e 12 de setembro de 2014, na cidade de João Pessoa, Estado da Paraíba, deliberaram a adoção de um conjunto de ações legítimas em prol do fortalecimento da carreira.
À unanimidade, foram aprovadas todas as atas e deliberações das comissões temáticas do evento e, diante do estado de penúria e descaso institucional encontrado na Paraíba, foi reiterada a luta da ANAPE pela autonomia das Procuradorias Gerais dos Estados e do DF, consubstanciada na PEC 82/2007, ora em tramitação no Plenário da Câmara dos Deputados.
A autonomia é a forma capaz de resguardar as funções públicas essenciais à Justiça contra pressões indevidas, não importando se provenham de órgãos externos aparelhados com funções coercitivas ou executivos com capacidade de aplicar constrangimentos de natureza financeira e manipulação de verbas orçamentárias que sucateiem as Procuradorias Gerais dos Estados e do DF.
Os Procuradores dos Estados e do DF exercem competências exclusivas de orientação jurídica e defesa judicial e extrajudicial do respectivo ente federado, por imposição do artigo 132 da Constituição Federal.
A essencialidade dessas funções constitucionais se encontra no fato de que nenhuma organização social e política está livre dos limites ao exercício do Poder, de modo que se impõe não apenas o controle das atividades daqueles que lidam com recursos e interesses públicos, mas também a prevenção da responsabilização por seus atos.
Assim, por unanimidade, deliberou-se por denunciar a grave situação por que passa a Procuradoria Geral do Estado da Paraíba, notadamente em razão da postura intransigente, intolerante e extremamente antidemocrática do atual Governo em relação às demandas legítimas e de amplo amparo legal e constitucional.
É escandalosa a flagrante indiferença do governante que ignora a exigência do Procurador-Geral de carreira, conforme previsto na Emenda Constitucional n.º 35/2014, e as decisões proferidas em várias instâncias, desde o Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, o Tribunal de Contas da União e o próprio Supremo Tribunal Federal, neste último caso reconhecida pelo Procurador-Geral da República nos autos daReclamação 17.601/PB.
Em linhas gerais, o Governo da Paraíba privilegia o comissionamento de funções de Estado em prejuízo do concurso público, da profissionalização e da qualidade, continuidade e impessoalidade das competências advocatícias dos Procuradores do Estado da Paraíba.
Por esse motivo, por decisão unânime das delegações presentes ao XL CONGRESSO NACIONAL DOS PROCURADORES DOS ESTADOS E DO DF, a Anape adotará também todas as medidas judiciais, administrativas e políticas, para tornar efetivas as decisões que garantem a exclusividade das atribuições constitucionais dos Procuradores do Estado, inclusive sob o viés do art. 85, VII, da Constituição Federal, c/c art. 74 e ss da Lei Federal nº 1.079/1950, que tipifica a responsabilidade do Chefe do Poder Executivo,quando age contra o cumprimento das leis e das decisões judiciais.

Marcello Terto e Silva
Presidente da Anape
Assessoria

Ninguém esquece a ‘farra’ da Granja; foi pro guia

guiagastanca
Ganha destaque no guia eleitoral do programa da coligação “A Vontade do Povo”, exibido nesta quarta (17), a farra de gastos com o dinheiro público na Granja Santana, residência oficial do governador do Estado. Como se sabe, o escândalo ocupou espaços na mídia nacional por causa da grande repercussão.
Também, foi alvo de investigação pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba e segue repercutindo, até hoje, em decorrência do impacto pelos excessos às custas do erário público, dinheiro dos contribuintes do Estado.
Os gastos causam realmente perplexidade. Só com material de uso pessoal dos privilegiados moradores da Granja as despesas, sem licitação, chegam a R$ 18.500.
Os custos são elevados também em relação à alimentação na Granja do governador, segundo o levantamento feito pelo TCE. A auditoria do órgão revela que, só no ano de 2011, foram gastos R$ 326,2 mil com alimentos, além de R$ 481,2 mil com o fornecimento de refeições, como cafés da manhã, almoços, jantares e lanches.
O assunto foi matéria de várias publicações no Brasil inteiro, a exemplo da Revista Istoé e do Jornal Folha de São Paulo. Na rica feira do governador há uma extensa lista de itens de luxo. O TCE considerou exageradas as compras de 17,5 toneladas de carne em cinco meses, 60 quilos de lagosta de primeira, 136 quilos de camarão, 50 quilos de carne de carneiro sem osso, 50 quilos de carne de siri, 460 latas de farinha láctea em menos um mês.
Outros gastos também chamaram atenção por sua peculiaridade. A compra de R$ 144,80  em sais de banho e R$ 60,00 pagos por um rolo de papel higiênico também foram destaques na auditoria. No total, os gastos com os luxos  do governador chegam a R$ 326,2 mil (trezentos e vinte e seis mil e duzentos reais).
Parque
O senador Cássio Cunha Lima, candidato a governador pela Coligação A Vontade do Povo, propõe que a residência oficial do governador, a Granja Santana, seja transformada em um Parque e que os gastos pessoais do chefe do Executivo estadual não sejam custeados com dinheiro público, mas sim, com o salário que recebe, tal qual, todos os trabalhadores brasileiros.
Na época em que governou a Paraíba, Cássio não residia na Granja Santana. Ele morava na sua residência pessoal e usava o espaço para reuniões administrativas, inclusive na realização de audiências com categorias profissionais, e compromissos administrativos.

O desabafo do Dr. José Romero Médico dispensado desabafa: “Nunca vi Governo tão arrogante e perseguidor”

José Romero 
Impressiona o depoimento do médico e ex-deputado José Romero, em relação ao processo de perseguição que, segundo ele, vem sofrendo da parte do governador Ricardo Coutinho, por não seguir sua orientação política: “Eu já passei por 14 governos e nunca vi um governo tão tacanho, tão presunçoso, prepotente, arrogante e perseguidor como o deste indivíduo que aí está.”
As declarações de José Romero, cirurgião com quatro décadas de trabalho no Estado, foram dadas, recentemente, durante entrevista à Rádio Constelação (Guarabira), após ser surpreendentemente dispensado de suas funções no Hospital Regional de Guarabira, “por não compactuar do mesmo posicionamento político” do governador Ricardo Coutinho.
“A Paraíba não tem dono. A Paraíba não aceita mais cabresto. Já acabou esse tempo. Eu, com muita tranquilidade, estou pronto para servir ao meu povo e não vai ser uma figura dessa qualidade que vai inibir, cercear e dificultar o meu trabalho”, arrematou.
Perseguição – Este não é primeiro caso de perseguição a profissionais da medicina no Estado. Os médicos Ivanes Lacerda (patos) e Dr. Verissinho (Pombal) foram recentemente impedidos de trabalhar nos hospitais regionais dos municípios por não votarem com o governador.
Nos últimos dias, acionados pelas denúncias o Conselho Regional de Medicina (CRM) e o Sindicatos dos Médicos da Paraíba (Simed-PB), divulgaram notas na imprensa denunciando os vários casos de opressão profissional ocorridos nos últimos meses, com o afastamento de médicos de vários hospitais da rede pública estadual.
Confira o áudio:

CCJ recebe pedido de impeachment do governador Ricardo Coutinho pelos crimes de responsabilidade e improbidade administrativa...

Os defensores públicos do Estado ingressaram com o pedido de impeachment do governador Ricardo Coutinho (PSB) na Assembleia Legislativa, pela prática dos crimes de responsabilidade e de improbidade administrativa. Nesta terça-feira (12), o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, deputado Jandhuy Carneiro recebe a ação para analisar o termo da denúncia.  
Segundo o defensor público José Cláudio, o principal motivo a ser alegado no pedido de processo de cassação do mandato Ricardo Coutinho, e que o governo do Estado estaria repassando o duodécimo da Defensoria Pública em valores abaixo dos fixados na Lei Orçamentária Anual (LOA).
"O governador da Paraíba é o inimigo número um das categorias, e em especial, tem sido com os defensores públicos. Esperamos que a Assembleia da Paraíba reconheça a improbidade administrativa e possa condená-lo", disse Cláudio. Até outubro de 2013 o governo deveria ter repassado a quantia de R$ 55.952.666,67. No entanto, desde o início da sua gestão, em 2011, que o governador Ricardo Coutinho efetua o repasse do duodécimo em valores inferiores ao fixado na LOA.

Fonte Blog do Ricardo Pereira

Homem com testículo de 55 kg passa por cirurgia para conseguir nova vida

Dan Maurer, de Battle Creek, Michigan, sofre de linfedema escrotal, uma doença que deixa um de seu testículo enorme, chegando a pesar incríveis 55 kg.
Agora, graças à cirurgia de 14 horas, o crescimento foi interrompido. Com 39 anos de idade, ele disse que sua condição havia afetado o relacionamento com sua esposa Mindy, de 20 anos.
Após a cirurgia de mudança de vida, o casal pode ser capaz de retomar as relações íntimas.
Homem com testículo de 55 kg passa por cirurgia para conseguir uma vida nova
Dan Maurer possuía doença rara que fez seu testículo chegar a 55 kg, e agora se recupera após cirurgia de remoção bem sucedida.
Mindy está agora dando total apoio, enquanto Dan se recupera da cirurgia que aconteceu na Universidade da Califórnia, em Irvine, no dia 28 de agosto.
77
Dan também teve um pouco de gordura do estômago removida durante a operação, o deixando quase 70 kg mais leve.
No entanto, ele está tendo dificuldades para andar após o procedimento, devido ao crescimento dos testículos durante muitos anos. Dan está passando por fisioterapia e deve ser capaz de voltar para casa em um mês.
Linfedema escrotal é uma doença causada pelo bloqueio dos vasos linfáticos, em que o tecido se acumula fora dos testículos, resultando em um inchaço.
Antes de realizar a cirurgia, Dan disse que estava animado com a perspectiva de ter relações íntimas com sua esposa pela primeira vez em sete anos, e pretendia viajar depois da recuperação.
Fonte: Daily Mail

Coveiro é suspenso de suas atividades após publicar no Whatsapp imagem dele ao lado de cadáver de homem morto há 23 anos

sssssssss.jpg
Um coveiro foi suspenso de suas atividades após publicar uma imagem dele com ao lado de um cadáver de um homem que morreu há 23 anos.
Celestino Reyna, de 55 anos, apareceu ao lado do cadáver de um parente, e a imagem foi publicada no Whatsapp, ganhando enorme repercussão.
A imagem foi parar nas redes sociais, onde foi amplamente compartilhada, fazendo com que Celestino fosse reconhecido. "Nunca pensei que isso pudesse ter consequências tão graves, e eu não queria mostrar qualquer falta de respeito pelo meu tio," disse a sobrinha do morto, que participou da captura da imagem.
O coveiro foi suspenso, mas não deve ser demitido de suas funções. 
Fonte Blog São Bento  Online

Diabéticos sofrem para conseguir medicação gratuita na Paraíba e denunciam governo do Estado

Vários paraibanos que sofrem com diabetes e que precisam usar insulinas no seu tratamento vêm denunciando que o Governo do Estado não está fornecendo a medicação da forma em que deveria. O Diário do País fez um levantamento acerca das denúncias enviadas a nossa redação e pôde constatar a veracidade do que nos foi narrado. O que diz a Lei A Lei Nº 11.347, DE 27 DE SETEMBRO DE 2006, dispõe sobre a distribuição gratuita de medicamentos e materiais necessários à sua aplicação e à monitoração da glicemia capilar aos portadores de diabetes inscritos em programas de educação para diabéticos. Art. 1º Os portadores de diabetes receberão, gratuitamente, do Sistema Único de Saúde - SUS, os medicamentos necessários para o tratamento de sua condição e os materiais necessários à sua aplicação e à monitoração da glicemia capilar. O que acontece na prática Os pacientes diabéticos que necessitam do uso de insulina não podem sofrer nenhum tipo de interrupção ou atraso em seu tratamento. No entanto, muitos estão tendo que enfrentar uma verdadeira tormenta para conseguir a medicação gratuita na Paraíba. Em algumas cidades, a exemplo de Cajazeiras, no Sertão do Estado, a insulina é distribuida na própria regional de saúde. Por lá, alguns pacientes já denunciaram que foram receber o medicamento e este não havia chegado ou simplesmente não tinha naquele mês. Outros pacientes ainda sofrem ao ter que entrar com ações na Justiça para conseguir o beneficio que é assegurado por Lei. A partir desta etapa, é travada uma luta nos tribunais, desgastante, e que na morosidade, pode causar graves danos aos diabéticos. Muitos dos pacientes que necessitam do tratamento narram que não têm condições de comprar os medicamentos, que são bastante caros. O outro lado Segundo informações do governo do Estado, muitas vezes os fornecedores das insulinas atrasam a distribuição, gerando a falta em alguns casos. Enquanto o governo do Estado da Paraíba não cumpre seu papel como deveria, muitos paraibanos ficam a mercê da morte, sonhando com que um dia o ser humano seja respeitado em sua dignidade humana e que os direitos básicos previstos na Constituição Federal possam prevalecer. Diário do País

Ricardo Coutinho e as oligarquias; uma relação de amor e ódio

RC amor e odio
De vereador a deputado estadual, Ricardo Coutinho construiu sua carreira se apresentando como o político do povo, contra toda e qualquer oligarquia que habitava na Paraíba. Entretanto, para chegar ao Poder, Ricardo Coutinho se aliou, na campanha de 2004, a José Maranhão, à época o maior símbolo da velha política e do neo-coronelismo.
Já em 2010, para ter chances de disputar o governo do Estado, Ricardo Coutinho recorreu novamente às “famigeradas” oligarquias; as famílias tradicionais que ele tanto critica agora, quando não as tem.
Com um pires não mão, RC esqueceu o discurso radical, já que no momento não era conveniente, e foi pedir o apoio de Efraim Morais, ex-PFL, partido símbolo do que já existiu de mais conservador na política nordestina. Aos Cunha Lima, Ricardo Coutinho soube falar manso, e todo jeitoso pediu o apoio de Cássio Cunha Lima e seu grupo.
Desde então, o governador conseguiu a proeza de se aliar a todas as famílias tradicionais da Paraíba, inclusive os Ribeiros, quando convidou Aguinaldo para ser seu secretário na prefeitura de João Pessoa. Também se aliou à família Gadelha e trouxe o ex-governador Wilson Braga para sua bancada de sustentação na Assembleia Legislativa.
Por fim, antes das convenções de 2014, Ricardo procurou (de novo) todas as oligarquias para formar uma mega aliança, inclusive o ex-governador José Maranhão. Também implorou para que o senador Cássio não disputasse a eleição, oferecendo apoio em 2018. Os Vital do Rêgo também foram procurados pelo governador, que levou um sonoro não.
Ricardo pode bater no peito e se orgulhar de ser o único político da Paraíba que já se aliou a todos os grupos, partidos e principais lideranças do Estado.
Porém, apostando na falta de memória da população, RC se apresenta como o caçador de oligarquias… Fonte e fotos Blog do Kardec