BLOG DO CASUSA

BLOG COM ATUALIZAÇÃO E INFORMAÇÕES NO GERAL!

BLOG DO CASUSA

RESPEITO E CREDIBILIDADE AO LEITOR!

PRINCESA ISABEL-PB

VISTA PANORAMICA DA AVENIDA COM A PREFEITURA LOGO A FRENTE.

BLOG DO CASUSA

RESPEITO E CREDIBILIDADE AO LEITOR!

BLOG DO CASUSA

BLOG COM ATUALIZAÇÃO E INFORMAÇÕES NO GERAL!

20/10/2014

Acabou mistério: MP desmente governador e diz que Ricardo não enviou pedido pra investigar esquema de propina envolvendo irmão e secretários


Mensalão-forum-no-mp
Acabou o mistério. Pelo menos uma parte dele. A verdade é que, após pesquisar em vários órgãos internos, o Ministério Público do Estado respondeu ao Fórum dos Servidores da Paraíba não ter encontrado o pedido do governador Ricardo Coutinho, para investigar a denúncia de que quatro de seus auxiliares, incluindo seu irmão, Coriolano, fazia parte de um esquema de pagamento de propina…
O caso ficou mais conhecido como o propinoduto. Em sua resposta ao Fórum, o MPE revela ter consultado “a Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), a Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade Administrativa (Ccrimp), Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), Promotorias de Justiça do Patrimônio Público da Capital, Núcleo de Apoio às Promotorias criminais (NAAPC) e Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial (Ncap)”.
“Foi feito um levantamento minucioso nos setores competentes do Ministério Público, inclusive naqueles não informatizados, pelos responsáveis legais de cada órgão e estamos dando a resposta à solicitação do Fórum de Servidores dentro do prazo que estipula  a Lei de Acesso à Informação”, oficiou o procurador-geral Bertrand de Araújo Asfóra. Como se sabe, o governador Ricardo Coutinho alegou, em sua defesa, ter acionado o Ministério Público, em junho de 2011, para apurar a suspeita do esquema de pagamento de propinas a seus auxiliares. Agora, o MPE nega.

O vídeo – Vazou na Internet vídeo dos depoimentos ocorridos, na noite de 30 de junho de 2011, quando durante uma blitz, policiais detiveram uma Volkswagem Fox de placas DYE-5922, onde encontraram R$ 81 mil e alguns documentos que, supostamente, revelariam um esquema de pagamento de propina a quatro auxiliares do governador Ricardo Coutinho.
No vídeo é possível conferir o depoimento do motorista que conduzia o veículo. Durante seu depoimento, um dos investigadores indaga: “O que você estava fazendo com altos valores em dinheiro dentro do seu carro, estacionado?” Ele se recusou a informar o que estava fazendo com o numerário. O detalhe ficou consignado no boletim de ocorrência.
A detenção ocorreu nas proximidades da Favela Boa Esperança, onde havia uma lombada eletrônica. O dinheiro estava em pacotes de R$ 5 mil, com cédulas de R$ 50. Ainda no depoimento, o motorista afirmou que todo o dinheiro em referência era de propriedade de um advogado.

A denúncia – Em 30 de junho de 2011, durante a realização de uma blitz de rotina, os policiais mandaram um motorista parar para averiguações. De forma inesperada, ele tentou evadir-se, mas não conseguiu furar o cerco policial.
Dentro de um veículo, os policiais encontraram R$ 81 mil, em espécie. O dinheiro tinha sido sacado numa agência do Banco do Brasil, em Recife. Junto, os policiais encontraram um papel branco com as seguintes marcações: G – 28.000,00; L – 10.000,00; C – 39.000,00; Dra. Laura 4.000,00. Somando, totalizava precisamente… R$ 81 mil.
No curso das investigações, descobriu-se que “G” seria de Gilberto Carneiro (procurador geral do Estado, “L ” de Livânia Farias (secretária de Administração), “C” – Coriolano Coutinho (Irmão do governador) e Dra. Laura (Farias) da Sudema. Mas, então, aconteceu algo inexplicável e paranormal: o inquérito que deveria ser remetido ao Ministério Público, sumiu.
Confira a resposta do Ministério Público com as certidões… CasoPropinaRespostaMP Fonte Blog Do Ricardo Pereira

Ex-prefeito do PMDB de Ouro Velho anuncia apoio a Cássio Cunha Lima

Ex-prefeito do PMDB de Ouro Velho anuncia apoio a Cássio Cunha LimaO ex-prefeito do município de Ouro Velho, Expedito Nascimento (PMDB), anunciou nesta segunda-feira (20/10), apoio ao candidato a governador do Estado da Coligação A Vontade do Povo, Cássio Cunha Lima (PSDB). A adesão ao tucano se deu após uma longa conversa com o médico Doutor Júnior, principal aliado de Cássio no município.

De acordo com o ex-prefeito, o momento é de união das oposições para fazer com que Cássio Cunha Lima seja eleito no próximo dia 26, e que a Paraíba volte ao caminho do desenvolvimento e trabalho. “Estou firme e forte no apoio a Cássio ao lado de minha família e amigos”, pontuou o ex-gestor.

Já o médico Doutor Júnior, afirmou que continua trabalhando em busca de novas adesões para a candidatura de Cássio, e com o objetivo de ampliar a vantagem de votos que o candidato teve em Ouro Velho no primeiro turno.

Fonte: Cariri Ligado

Vice Prefeito e outras liderança do PMDB de Teixeira aderem a Cássio Cunha Lima

0
Vice-prefeito de Teixeira declara apoio a Cássio Cunha Lima
O vice-prefeito de Teixeira, Deci Queiroz (PMDB), esteve na tarde desta segunda com o candidato a governador pela Coligação A Vontade do Povo, Cássio Cunha Lima. Na audiência, Deci comunicou uma decisão tomada em conjunto com suas bases: a partir de agora, engajado na sua eleição.

Além do vice-prefeito Deci, quem esteve também com Cássio foi o vereador Carlos de Teína, presidente do PMDB local e que votou no primeiro turno, a exemplo do vice-prefeito, no candidato do PMDB, Vital do Rêgo.

Por não concordarem com a decisão da cúpula partidária pelo apoio ao atual governador, quando ambos declararam ser difícil votar em Ricardo Coutinho por causa das promessas não cumpridas com o município de Teixeira, as duas lideranças políticas declaram apoio para Cássio.

"Com Cássio, a Paraíba tem certeza de que teremos um governante que trabalha e respeita o povo, ao contrário do atual governador, que insiste em fazer promessas e não cumprir", destacou o prefeito.

Segundo o vereador Carlos de Teína, o compromisso de Cássio com o município diz respeito, essencialmente, à solução para uma grave falta de água que atinge Teixeira, principalmente nas comunidades de Vila Feliz e Pedra do Galo e que o atual governador sempre ignorou as solicitações.   

Já  vice prefeito Deci, declarou que o apoio dele soma-se agora ao do prefeito Nego de Guri, tendo a certeza que a vitória de mais de mil votos de vantagem alcançada no primeiro turno na cidade será ampliada a partir de agora com a união de todos em prol da candidatura de Cássio.

Fonte: Blog do Dercio

Enquanto Ricardo mente, crianças de escola do governo são transportadas em "pau de arara"; fotos

Enquanto o governador da Paraíba e candidato a reeleição, Ricardo Coutinho (PSB), mente descaradamente em seu guia e nos debates, mostrando um Estado cercado de "leite e mel", a realidade é bem diferente. 

Uma das mentiras do governador é afirmar que acabou com todos os transportes de "pau de arara" dos estudantes das escolas públicas do governo da Paraíba e comprou uma enorme frota de ônibus.

Diário do País foi até a cidade de Itabaiana, no agreste paraibano, e registrou um completo descaso para com nossas crianças que estudam na escola do Estado: por lá, elas são transportadas em três caminhonetes, modelo D20, sem nenhum tipo de proteção e segurança. Muito pior do que antes, onde existia pelo menos uma carroceria que daria uma possível sensação de segurança.


As crianças que foram registradas nas fotos são transportadas do Sítio Mané do Mato, zona rural de Itabaiana até a Escola Estadual Dr Antônio Batista Santiago. As caminhonetes também pegam alguns estudantes no bairro do Jucuri. 

Os pais das crianças narram que sofrem muito ao saberem que seus filhos saem para a escola e pode acontecer uma tragédia, no entanto, se esquivam em revelar suas identidades de público, temendo represálias por parte do governador.


O que Ricardo diz no guia e nos debates, está, mais do que longe, de condizer com a realidade cruel e truculenta que assola a Paraíba, onde todos que denunciam ou se voltam contra seu governo, são censurados e perseguidos.


A realidade de Itabaiana é refletidas em diversas outras cidades do Estado.
Diário do País




Dinheiro apreendido Fórum divulga resposta de Ministério Público da Paraíba (MPPB); órgão não foi comunicado de apreensão

Buscas realizadas no em setores do MP não encontrou nenhum comunicado do governo



O Fórum dos Servidores do Estado da Paraíba divulgou na tarde desta segunda-feira (20) a resposta do Ministério Público do Estado sobre o pedido de informação que teve como objetivo saber se o Governo do Estado comunicou ao MPPB a apreensão de dinheiro em espécie em 2011. De acordo com o Ministério Público não houve comunicado do Governo identificado no órgão, apesar das buscas feitas em diferentes setores do MP.


Entenda o caso - O Fórum dos Servidores Públicos Civis e Militares da Paraíba protocolou no Ministério Público Estadual, pedido de investigação sobre denúncia veiculada na internet, que informava um suposto esquema de distribuição de propinas a secretários estaduais do governo estadual, no início da atual administração .

Segundo a denúncia, durante uma blitz de rotina a polícia interceptou um veículo modelo Fox, transportando a quantia de R$ 81 mil , sacada na Agência do Banco do Brasil de Benfica, em Recife (PE). Ao lado da quantia os policiais apreenderam um papel com a orientação para a distribuição do dinheiro que seria entregue a Gilberto Carneiro, atual procurador geral do Estado, Livânia Farias, atual secretária de Administração, Coriolano Coutinho, irmão do governador Ricardo Coutinho, e Laura Farias, da Sudema.

O secretário estadual de Segurança Pública, Cláudio Lima confirmou que delegados da Polícia Civil realmente apreenderam dinheiro durante uma blitz de rotina, realizada em 30 de junho de 2011 e afirmou que o caso foi comunicado ao MPPB.

O Fórum então solicitou ao MP que revelasse se houve o comunicado do Estado, mas o Ministério Público negou que tenha recebido a informação.

MaisPB 

Aposta cara Dupla aposta carro de luxo, ou R$ 118 mil, em eleição de Cássio X Ricardo Coutinho

Regra da aposta é que o vencedor será aquele que apostar no governador eleito



João Batista Alves de Lira e Alex Aurélio Dias dos Santos apostaram um veículo Toyota Hilux , ou cento e dezoito mil, baseado em suas opções políticas no segundo turno das eleições estaduais.

Defensor da candidatura de Cássio Cunha Lima (PSDB), João Batista revelou que já ganhou R$ 12 mil no primeiro turno, guando apostou que Pedro Cunha Lima (PSDB) seria o deputado federal eleito mais votado no estado, agora, João quer ganhar R$ 118 mil, caso o tucano vença a disputa.

Alex Auréliano está na torcida pela vitória de Ricardo Coutinho (PSB), caso o socialista vença, ele vai ficar com o veículo.

A regra da aposta é que o vencedor será aquele que apostar no governador eleito. Registrada em cartório, os bens já estão sob custódia de um intermediador da aposta.


Écliton Monteiro - MaisPB 

Governador perde desafio para Cássio e poderá ‘renunciar’ a candidatura


ricardocabedelo
Todo mundo tem o quê de louco. Aflora quando alguém pisa no calo certo. No caso do governador reeleitoral Ricardo Coutinho, o calo é: fechamento de hospitais, escolas, delegacias, coletorias… A cada nova abordagem acerca do assunto põe-se a lançar desafios, que, se sabe, jamais serão cumpridos.
Neste domingo (19), diante de um debate acido na TV Correio, o candidato à reeleição lançou um desafio ao rival Cássio Cunha Lima (PSDB), quando o tucano provocou sobre o fechamento do Hospital Santa Paula, em João Pessoa.
RC disse com tanta convicção que não foi no seu governo, que prometeu renunciar à candidatura se provasse que havia sido na sua gestão. “O Santa Paula fechou no governo dele… Não foi no meu governo… No meu governo nenhum hospital na Paraíba foi fechado… Esse desafio está feito…”.
“[...] Ou eu retiro minha candidatura ou você retira a sua”.
Não durou 24 horas do debate para um dos diretores-médico do hospital, Marcelo Queiroga, viesse à boca do palco para dirimir qualquer dúvida.
Marcelo Queiroga: “O Hospital Santa Paula encerrou sua atividade oficialmente no dia 17 de abril de 2012”. O governador Ricardo Coutinho assumiu o governo em 1º de janeiro de 2011.
Bem, resta agora saber se o governador vai cumprir a promessa e, quando irá formalizar a renuncia que pronunciara em seu desafio.
Só vale se for antes de domingo, dia da votação do segundo turno.
Confira documento abaixo:
santapaulaa
Marcone Ferreira

Justiça manda apreender carro da coligação de Ricardo Coutinho com panfletos contra Cássio

Justiça manda apreeender carro da coligação de RC com panfletos contra Cássio

O juiz eleitoral da 28ªZona, Romonilson  Alves Gomes, determinou no final da tarde desta segunda-feira (20) a apreensão do um veículo (F -4000) placas KLA 8197, a serviço da coligação 'A Força do Trabalho', que tem a frente o governador Ricardo Coutinho, candidato à reeleição.

De acordo com o 'Mandado de Busca e Apreensão', o veículo estava sendo usado para distribuir propaganda falsa contra o candidato do PSDB, senador Cássio Cunha Lima.

Morto, Ronaldo Cunha Lima já não serve mais, né governador?

ricardo velorio ronaldo
Ao destilar toda sua ira no debate da TV Correio, que só pode ser justificada por uma pesquisa interna negativa, o governador Ricardo Coutinho não apenas ratificou ser um oportunista nato, mas também um político de golpes baixos. O debate era com Cássio Cunha Lima, sobre o Governo, no qual RC comanda há quase quatro anos. Mas o que se viu foi um candidato ofendendo a todos, inclusive os mortos, que não podem se defender.
Ricardo Coutinho até pode ter motivos para criticar Ronaldo Cunha Lima, pois como pessoa pública, Ronaldo está, assim como todos homens públicos, suscetíveis a erros. Mas por que Ricardo Coutinho não fez suas críticas em 2010, quando foi beijar a mão de Ronaldo, em Campina Grande, para consolidar a aliança com Cássio?
A verdade é que Ricardo não respeita os adversários. Ele já criticou (e ainda critica) todos os grandes grupos da política paraibana. O que é aceitável numa democracia, mas não é justo que a cada dois anos um político se reveze em demonizar e santificar um mesmo adversário.
Espero que o governador, no próximo debate, se comporte como um político com P maiúsculo e deixe a baixaria de lado. (Foto simone Duarte) Fonte Blog do Kardec

Comerciante condena perseguição contra prestadores nas repartições do estado em Itaporanga, patrocinadas pelo prefeito e o governador...

O comerciante Erisvaldo Caiana, popularmente conhecido em todo o Vale do Piancó por Caiana Celular, se dirigiu até os estúdios da Rádio Pedra Bonita para participar do Tribuna PB desta segunda-feira (20), oportunidade em que expressou toda sua indignação à perseguição que ve sofrendo em Itaporanga por parte do governador Ricardo Coutinho (PSB) e do prefeito Audiberg Alves (PTB), ambos que receberam apoio do próprio comerciante em suas respectivas eleições.
A indignação do comerciante se deu pelo fato de ter visto ontem, no debate da TV Correio, quando o governador Ricardo Coutinho afirmou não ter demitido nem perseguido. Caiana citou como exemplo a demissão de sua própria esposa, que prestava serviço no Hospital Distrital de Itaporanga e foi sumariamente perseguida pela atual direção sob determinação do prefeito, atendido pelo governo. Dezenas de ouvintes ligaram pra emissora para registrar outros casos.
"Não posso aceitar o governador Ricardo Coutinho dizer o que disse ontem no debate, que não demitiu nem perseguiu ninguém. Ele está mentindo por que eu sou o exemplo mais claro da perseguição política que acontece em Itaporanga. Assim como muitas outras pessoas, minha esposa foi demitida por que nós votamos em Cássio. E o voto não é livre? Agora, vir dizer que não persegue é mentir deslavadamente. Itaporanga tem assistido atos de perseguição como jamais visto em sua história. E olhe que eu fiz campanha para o prefeito e acabei desse jeito. Quantas e quantas outras pessoas ele não enganou. É só andar pelas ruas e registrar dezenas de casos", comentou.
"Só quero deixar claro que tenho como sobreviver por que trabalho. Tenho meu comércio, como toda região sabe. Muitas dessas pessoas que o prefeito colocou agora no estado foi só pra enganar, pra poder ganhar o voto, estão sendo enroladas. Não tenho inimizade com ninguém. Tenho muitos amigos que votam em Ricardo. O voto é livre. Agora jamais posso concordar quando dizem que não há perseguição. Mas Deus é maior do que tudo isso", disse Caiana. Fonte e fotos Blog do RicardoPereira

Pernambucanos fazem carnaval fora de época em apoio a Dilma

É carnaval em Pernambuco! Neste domingo (19), Recife e Olinda vão frevar em apoio a Dilma. Os blocos 'Eu acho é pouco' e 'Pitombeira dos Quatro Cantos', tradicionais no carnaval pernambucano, vão declarar apoio a Dilma com muito frevo e samba.


Reprodução
É carnaval em Pernambuco, os principais blocos do carnaval de Olinda saem à rua no maior clima de festa para declarar apoio a DilmaÉ carnaval em Pernambuco, os principais blocos do carnaval de Olinda saem à rua no maior clima de festa para declarar apoio a Dilma

O 'Eu Acho é Pouco' lançou um manifesto declarando apoio 'para dizer sim ao Brasil que cresce sem esquecer dos que um dia foram invisíveis'. O evento está marcado para as 16h, com concentração na Av. Rio Branco.

A Pitombeira saiu às 13h com concentração na sede do bloco (Rua 27 de Janeiro, Cidade Alta, Olinda). Os blocos convidam toda a população a participar da festa e declarar apoio à reeleição da presidenta Dilma Rousseff.


Fonte: Muda Mais


Caminhão cai em barranco e mata 3 na BR-104


Caminhão cai em barranco e mata 3 na BR-104
Três pessoas morreram após o caminhão em que eles estavam cair em um barranco na BR-104, na zona rural do município de Alcantil, Cariri paraibano, no domingo (19). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do caminhão perdeu o controle do veículo ao frear e acabou caindo no barranco.

O acidente aconteceu na tarde do domingo. O caminhão, carregado com tomates, saiu de Campina Grande com destino ao município de Vitória de Santo Antão, em Pernambuco. Ao chegar em uma curva na cidade de Alcantil, o motorista tentou frear o veículo para fazer a curva, mas acabou perdendo o controle do caminhão, que capotou e caiu em um barranco.

Com a queda, o motorista e dois passageiros acabaram sendo esmagados pela cabine. A carga ficou espalhada na encosta da estrada. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros estiveram no local, mas as vítimas não resistiram aos ferimentos. Uma perícia será feita pela PRF para tentar identificar as causas do acidente.

Leia a matéria na íntegra no G1.

NOVA PESQUISA NACIONAL: MDA/CNT – EMPATE TÉCNICO COM DILMA À FRENTE PELA 1ª VEZ


Cássio ganha direito de resposta no guia eleitoral por mentira sobre cassação




F
altando seis dias para as decisivas eleições do segundo turno, foi despachado na manhã desta segunda-feira, 20, os dois primeiros direitos de resposta autorizados pela Justiça Eleitoral na presente campanha pelo Governo do Estado. Por decisão monocrática terminativa da juíza Niliane Meira Lima, do Tribunal Regional Eleitoral, o candidato Cássio Cunha Lima (PSDB), da Coligação A Vontade do Povo, obteve liminar para fazer uso de espaço no guia eleitoral de dois programas de rádio do concorrente Ricardo Coutinho (PSB).
A punição da Justiça Eleitoral ao guia de rádio de Ricardo Coutinho – com perda de dois minutos em dois programas – é por conta da mentira (tecnicamente estabelecida como “uma inverdade sabidamente inverídica) em relação ao processo de cassação de Cássio Cunha Lima, em fevereiro de 2009.
Segundo o guia de Ricardo, a cassação teria se dado por conta de prática de  “crime eleitoral”. Na defesa do tucano, a coordenação jurídica da Coligação A Vontade do Povo observou que os termos utilizados no programa radiofônico do governador-candidato “seriam, além de reprováveis, totalmente inverídicos”.
A juíza Niliane Meira recorre a parecer do Ministério Público para referendar sua sentença contra a Coligação A Força do Trabalho,  de Ricardo Coutinho. Segundo o MP, está claro que nunca houve condenação de Cássio por crime eleitoral, “embora a imprensa sensacionalista e desconhecedora dos termos técnicos jurídicos tenha divulgado”.
Em novo trecho, a magistrada faz nova crítica a postura do guia de rádio de Coutinho, ao observar que  “o Guia busca dividendos eleitorais, afirmando condenações inexistentes quanto ao representado”
Fonte Marcone Ferreira

Cássio acusa Ricardo de comprar fubá superfaturado em R$ 5 milhões...


O Ministério Público da Paraíba recebeu denúncia de superfaturamento de um procedimentos licitatório realizado pelo Governo do Estado para a aquisição de fubá integral.

A acusação foi feita pelo candidato do PSDB ao Governo, Cássio Cunha Lima, que acrescentou haver um “rombo” superior a R$ 5 milhões.

De acordo com a denúncia em mãos do MP, o Governo do Estado estaria pagando entre R$ 0,14 e R$ 0,22 centavos a mais por cada pacote de fubá de milho que está sendo comprado pela Fundação de Ação Comunitária (FAC).

Em setembro de 2011, a FAC realizou uma licitação (pregão 147/2011) para a aquisição de Fubá ao preço de R$ 0,54 (cinquenta e quatro centavos) para o pacote de 500 gramas.

Logo em seguida, em dezembro, a FAC assinou contrato para a compra de mais 12 toneladas de fubá.  Já em setembro de 2012, outro aditivo foi assinado, desta vez reajustando o preço unitário do fubá para R$ 0,71 (setenta e um centavos).

De acordo com a denúncia do PSDB, a Ata de Registro de Preços de 2013, dois anos após a primeira compra, determinou que o valor de um pacote de fubá de 500g, conforme as especificações do contrato, custa R$ 0,57 centavos (0,14 centavos a menos dois anos depois). E mesmo com esse preço mais baixo, o governo continuou comprando o fubá mais caro, gerando um prejuízo para o erário e para a população que poderia ter aumentado o alcance do programa. Segundo o relatório da CGE, ficou evidenciado o superfaturamento em torno de 10,52% do valor global do contrato.

O caso foi apurado e denunciado pelos técnicos efetivos da Controladoria Geral do Estado e devidamente encaminhado ao Ministério Público Estadual para providências, mas ainda não houve manifestação da instituição, nem tampouco do governo que mantém a atual direção da FAC.

Apenas o terceiro aditivo o contrato assinado pela atual direção da FAC no dia 02 de dezembro de 2013 teve o valor de 24,6 milhões de reais.

A coligação do PSDB aponta que, conforme o valor pago até o momento pelo Estado na compra de fubá e tendo por base a Ata de Registro de Preços que o governo Ricardo Coutinho desconsiderou, o superfaturamento já ultrapassariaos R$ 5 milhões.

Do Polêmica PB

Ricardo diz que Cássio repassou terreno para condomínio por valor irrisório...


Em seu questionamento, o governador perguntou a Cássio se o negócio tinha sido “bom para a Paraíba”, mas o tucano tergiversou e não respondeu.

Na réplica, Ricardo explicitou que seu opositor mistura os interesses públicos com seus interesses privados, já que vendeu o terreno por R$ 0,59 por metro quadrado, em uma área que está sendo comercializada atualmente por R$ 464 por metro quadrado, o que significou um lucro de 78.000% para a empresa.

“Ao mesmo tempo, o Estado ficou sem ter uma área para o parque industrial na Mata Sul. Eu, que tenho compromisso com o desenvolvimento econômico do Estado, fui até Caaporã e desapropriei uma área para que o polo industrial pudesse ser construído, como está acontecendo agora. O senhor não governa para o povo da Paraíba, Cássio, o senhor governa para os seus amigos”, acusou o governador.

Em outro momento do debate, ao ser questionado sobre sua “credibilidade”, Ricardo disse que o povo paraibano conhece a trajetória dos dois candidatos, e saberá eleger quem realmente trabalhou pela Paraíba.

“Pergunte a qualquer paraibano se, ele tivesse que deixar sua empresa nas mãos de um de nós, com quem ele deixaria. Esta é a reflexão que eu quero que o povo faça. Eu tenho a credibilidade de quem abriu 10 hospitais, construiu 2,4 mil quilômetros de rodovias e seis escolas técnicas. Minha credibilidade foi construída durante minha carreira como prefeito e governador. Quem me dá a credibilidade é o povo, Cássio, com quem você não tem mais credibilidade alguma”, finalizou o socialista.


Do Polêmica PB

Dataprev lança edital e abre concurso com 322 vagas para a Paraíba...



A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) divulgou edital de concurso público para 4.016 vagas em cargos de níveis médio e superior, sendo, destas, 322 para João Pessoa, na Paraíba, para o cargo de analista da tecnologia da informação. Todas as oportunidades são para cadastro de reserva. As remunerações vão de R$ 3.129,73 a R$ 6.395,39. Do total das oportunidades, 10% são para pessoas com deficiência e 20% são para negros e pardos.
As inscrições devem ser feitas pelo site www.quadrix.org.br no período de 20 de outubro a 17 de novembro. A taxa é de R$ 50 para nível médio e R$ 80 para nível superior. Além de João Pessoa, a oportunidades são para as cidades do Rio de Janeiro, Florianópolis, Fortaleza, Natal, São Paulo, Boa Vista, Macapá, Palmas, Porto Velho, Rio Branco, Aracaju, Salvador, Vitória, Belo Horizonte, Campos Grande, Cuiabá, Belém, Manaus, Goiânia, Curitiba, Porto Alegre, Maceió, Recife, São Luis, Teresina e Brasília.
A seleção será feita por meio de prova objetiva, prova discursiva e prova de títulos, somente para nível superior. As provas objetiva e discursiva serão aplicadas na data provável de 14 de dezembro. No ato da inscrição, o candidato deverá optar por uma das 26 capitais ou o Distrito Federal para realizar as provas. O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado, uma vez, por igual período.
Clique aqui para conferir o edital.

Deputado Manoel Júnior solta o verbo e alfineta Veneziano e Vitalzinho


O deputado federal Manoel Júnior (PMDB) soltou o verbo, nesta segunda-feira (20), e falou sobre o processo de mudança de opinião de colegas do partido, que deixaram de lado o discurso de oposição e firmaram aliança com o PSB, do governador e candidato à reeleição, Ricardo Coutinho.
“Eu não mudei de lado. Continuo do mesmo lado. Eles que mudaram”, disparou Manoel Júnior durante entrevista à Rádio Correio Sat. O parlamentar alfinetou os irmãos Vital do Rêgo e os considerou os infiéis do partido. “Acho que infiel é aquele [Veneziano] que teve 78 mil votos e o irmão [Vital] teve 17 mil [em Campina Grande]”, falou. Blog do Ricardo Pereira

Ipespe/Jornal da Paraíba registra mais uma pesquisa de intenção de votos para ser divulgada no sábado, véspera de eleição...



O Jornal da Paraíba registrou mais uma pesquisa de intenção de votos para governador do estado no segundo turno das Eleições 2014 nesta segunda-feira (20). A divulgação da pesquisa está prevista para o próximo sábado (25), dia anterior ao pleito. Deverão ser entrevistados, pelo Instituto de Pesquisas Sociais Políticas e Econômicas (IPESPE), 1.500 eleitores entre os dias 23 e 24 de outubro. Esta é a segunda pesquisa registrada a ser feita pelo IPESPE para o segundo turno.
A área física de realização da pesquisa é o conjunto dos seguintes municípios do Estado da Paraíba: João Pessoa, Mamanguape, Sapé, Santa Rita, Bayer, Itapororoca, Jacaraú, Mari, Conde, Lucena, Pedras de Fogo e Caaporã na Mata Paraibana; Campina Grande, Solânea, Esperança, Alagoa Grande, Guarabira, Itabaiana, Cuité, Pocinhos, Cacimba de Dentro, Areia, Araçagi, Mulungu, Massaranduba, Fagundes, Gurinhém e Aroeiras no Agreste Paraibano; Monteiro, Santa Luzia, Picuí, São Vicente do Seridó, Taperoá e Boqueirão na Borborema; e São Bento, Cajazeiras, Souza, Patos, Jericó, São João do Rio Peixe, Uiraúna, Aparecida, São José da Lagoa Tapada, Mãe D'Água, Piancó, Itaporanga, Conceição, Princesa Isabel e Teixeira, no Sertão Paraibano. Fonte Blog do Ricardo Pereira

19/10/2014

Debate entre presidenciáveis acontecerá a partir das 9 da noite

Aécio e Dilma se enfrentam em debate da TV Record neste domingo

Debate terá quatro blocos e três intervalos comerciais


 Depois que os ânimos de Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) se acirraram na última semana, com trocas de acusações que envolveram até os irmãos dos candidatos e a divulgação das pesquisas eleitorais Ibope e Datafolha, que mostram um empate técnico entre os dois, o debate à Presidência da República da TV Record deverá ser decisivo para a escolha do eleitor.

O embate acontece neste domingo (19) a partir das 21h, na Paraíba, e terá a apresentação dos âncoras do Jornal da Record, Adriana Araújo e Celso Freitas. A

O debate terá quatro blocos e, portanto, três intervalos comerciais. No primeiro bloco, haverá oito rodadas de confronto direto entre os candidatos. O formato será de pergunta de livre escolha, resposta, réplica e tréplica.

O segundo bloco exibirá quatro rodadas de confronto direto. O formato será de pergunta de livre escolha, resposta, réplica e tréplica.

O terceiro bloco terá mais duas rodadas de confronto direto e no último os candidatos farão as considerações finais.

A ordem do início do confronto direto foi definida por sorteio com a participação dos assessores do PT e PSDB. Dilma Rousseff inicia o primeiro, o terceiro bloco e as considerações finais.

Aécio Neves abre o segundo bloco e encerra as considerações finais.

O debate deverá ser encerrado aproximadamente à meia-noite.

MaisPB com R7